Mon to Fri : 9:00am to 6:00pm
Fairview Ave, El Monte, CA 91732

Notícias

Progetto 363: Fiat revela novo SUV e convida para escolha do nome

Progetto 363: Fiat revela novo SUV e convida para escolha do nome

Marca dá as opções Tuo, Domo e Pulse para batizar o utilitário, que será lançado no 2º semestre

Fiat não quis esperar pela final do Big Brother Brasil 2021 e já mostrou o seu inédito SUV compacto para os participantes do reality show, pouco depois divulgando as primeiras imagens oficiais do carro. A fabricante ainda revela que o veículo, conhecido até agora como Progetto 363, não tem nome definido porque abriu uma votação no site para que o público escolha entre três opções: Tuo, Domo e Pulse.

Como o teaser divulgado ontem já havia adiantado, o novo SUV da Fiat tem alguns elementos do Argo, mas muda o suficiente para parecer outro veículo. Um exemplo é a grade larga com três filetes horizontais e o acabamento cromado fazendo a divisão entre o capô e os faróis e entrada de ar. Os faróis são menores e com um novo formato, usando luzes diurnas em LED que ocupam quase metade do conjunto.



O para-choque dianteiro sobe na parte frontal para imitar um quebra-mato e colocar a placa em uma parte alta. Isso faz com que a área dos faróis de neblina também fique posicionada mais acima, onde normalmente você veria os faróis normais da Fiat Toro. Os faróis serão full-LED nas versões mais caras e já é possível notar as lâmpadas na foto divulgada. Como esperado, o carro terá uma versão com teto preto, tipo de pintura que está em moda.

Do outro lado, o novo SUV mostra um pouco mais do parentesco com o Argo por causa do formato da tampa do porta-malas e tamanho do vidro. As lanternas são diferentes, afinando na direção do centro e com uma linha em LED. O para-choque também foi redesenhado, ganhando uma imitação de skid-plate acompanhada por duas saídas falsas de escapamento.

De acordo com a Fiat, o utilitário inaugura uma nova plataforma chamada MLA, embora não dê detalhes do que muda em comparação com a MP1 do Argo e Cronos (que já foi feita para ser modular). Os únicos detalhes revelados pela fabricante é que “aumenta os níveis de performance, robustez e conforto” e que vai “elevar ainda mais os resultados de segurança dos novos produtos e está pronta para receber componentes mecânicos exclusivos”.







Entre estes componentes estará o esperado motor 1.0 turbo de três cilindros, baseado no 1.0 Firefly que equipa o Argo. Seus números de desempenho não foram revelados, mas acredita-se que entregará algo em torno de 125 cv e 20 kgfm de torque. Será acoplado a uma transmissão automática de 6 marchas e, após estrear no SUV, será levado para outros modelos da Fiat. A outra opção será o 1.3 aspirado de 109 cv e 14,2 kgfm, que terá como novidade um câmbio do tipo CVT, outra estreia na linha da marca italiana.




A Fiat diz que o SUV irá “democratizar o acesso ao público de equipamentos de assistência à condução autônomos”. Ou seja, devemos ver alguns dos equipamentos que apareceram na Toro reestilizada, como controle de cruzeiro adaptativo (apesar de ausente na picape), assistente de permanência em faixa, frenagem automática de emergência e mais, embora como opcionais em alguns modelos – afinal, o Jeep Compass terá estes itens como um pacote para a versão topo de linha Limited.

O que já sabemos sobre o SUV:


Também trará o Fiat Connect Me, uma plataforma que permite utilizar um aplicativo no smartphone para ligar o veículo, verificar informações, mexer no ar-condicionado e encontrar o veículo. O sistema ainda contará com uma conexão 4G Wi-Fi da Tim permanente, com uma mensalidade paga separadamente e que permitirá alguns serviços como rastreamento e chamada automática de emergência em caso de acidente.

Saberemos mais sobre o novo SUV da Fiat nos próximos meses. Por enquanto, a votação já está disponível em http://suv.fiat.com.br e será encerrada nos próximos dias. A estreia de fato só acontecerá entre setembro e outubro nas concessionárias. Os preços ainda não foram revelados mas, como ficará posicionado abaixo do Jeep Renegade, espere por algo entre R$ 80 mil e R$ 110 mil.

Fonte: Motor1

Autor: Nicolas Tavares